Um tema que não é lenda. O que faltou foi uma investigação mais científica. 
Em Poços de Caldas, Minas Gerais, muitos visitantes e turistas ainda prestam homenagens a Anastásia Romanov, ou Princesa Tamara Gagarin, que teria morado na cidade durante 20 anos. História rodeada de incertezas. 
A Grã-duquesa Anastásia Nikolaevna Romanova da Rússia foi a quarta filha e segunda mais nova do czar Nicolau II e da czarina Alexandra Feodorovna, últimos governantes autocráticos da Rússia Imperial. 
Toda a família foi assassinada quando o país deixou de ser uma monarquia e diz a lenda que Anastásia teria escapado e fugido para o Brasil, assim como o irmão. 
Mais de 95 anos, feridas não cicatrizadas no Rússia e ainda hoje, alguns possíveis familiares Romanov, sentem muito medo em se revelar abertamente. 

Mas, duas russas sepultadas em Poços de Caldas. Anastacia Romanov, enterrada no cemitério municipal de Poços de Caldas, num túmulo com a denominação de "Princesa Tamara Gagarin". Anastacia foi assassinada aos 17 anos em Ekaterinburgo pelos bolcheviques, sendo canonizada pela Igreja Ortodoxa Russa e não apresenta descendência direta. Sobrevivência discutida até 2007. Mistério do século XX que ronda a vida e a morte de uma das filhas de Nicolau II.

Em 1922, à medida que se espalhava o rumor de que a Grã-duquesa sobrevivera, uma mulher que mais tarde se autodenominou de Anna Anderson apareceu e alegou ser Anastásia. Criou controvérsia e foi cabeçalho de jornais durante décadas. A batalha por reconhecimento continua a ser o caso mais longo alguma vez feito nos tribunais alemães, onde o caso foi oficialmente feito. Se era de fato ou não, Anderson morreu em 1984 e o seu corpo foi cremado. Após testes de ADN (DNA) Anna não era de fato, Anastásia, mas muito provavelmente Franziska Schanzkowska, uma operária polaca (polonesa) que desaparecera por volta da mesma altura. Há quase vinte anos não se voltava ao assunto Anastácia e, sempre que algum interessado retoma ao mesmo surgem informações novas e mais pessoas interessadas!!!!
Tamara Gagarin ou Anastácia Romanov, morou numa antiga casa da Rua Santa Catarina, no centro da cidade. Se ela pedisse para que a ajudasse a atravessar a rua, um homem não podia tocar no ombro dela. Tinha que por um lenço e tocar no lenço e não na roupa dela. Não era permitido sentir nas mãos o calor do corpo feminino, enquanto dançava. A governanta da casa, condessa Alessandra Tatiev morrera antes e está também sepultada no mesmo túmulo. A casa foi doada para um asilo e na velhice ela foi assistida por um asilo de Poços de Caldas. Tinha ligação sanguínea com a Rainha Victória, por tal motivo a fluência do inglês que ela também lecionava em Poços. A condessa Tatiev sepultada junto era da família da governanta da mãe de Anastácia.

Alexey seria o sucessor, e se a impressão que a ideia foi protegê-lo através da fuga. Duas outras crianças filhas de criados estariam no lugar dos filhos quando houve a execução. O encontro de Alexey com a "Tamara" nos anos 60 em Poços de Caldas foi muito interessante, segundo as pessoas que o presenciaram. Está em uma edição da revista ‘O Cruzeiro’. Na velhice, em entrevista de Alexey para a revista ‘Manchete’, ele falava da irmã que estava em Poços de Caldas. Pessoas que foram alunas ou que a conheceram na intimidade em Poços, dizem que ela mostrava fotos da família e mostrava o pai, Nicolai Romanov, contando uma historia fantástica da fuga em 1918. É um caso muito curioso e pitoresco, sendo ou não Anastácia. E praguejava em russo também. E seus pertences ficaram com quem?
Alexey está sepultado no Mato Grosso.
Existe um cônsul sepultado na região, em um cemitério de escravos. Existe a história fabulosa de um príncipe francês que fugiu com o lastro do tesouro imperial e comprou muitas terras no Brasil, inclusive, numa grande faixa entre Campestre, Botelhos, Poços de Caldas, São Paulo e Goiás, que em 2013 ainda estaria em mãos de afortunadas famílias, enquanto os verdadeiros donos estão pobres.
Um oficial nazista morou há vários anos no Palace Hotel. Teria se "suicidado" na primeira metade da década de 2000!!!!!
Pesquisas de Thiago de Menezes*, meu querido amigo escritor e jornalista paulista, presidente da “FALASP e da “Academia de Letras da Mantiqueira”, de Águas de Lindóia, SP e Membro da “Academia Poços-Caldense de Letras”, de Poços de Caldas, MG.


0 comentários:


 

Download por Bola Oito e Anderssauro