sábado, 1 de outubro de 2016

Jornalista Baby Garroux: estou sabendo que descobriram um santuário do século VIII a.C. no Parque Nacional Tel Lachish



Descobriram um santuário do século VIII a.C. no Parque Nacional Tel Lachish, entre o Monte Hebrom e o Mar Mediterrâneo, em Israel.

É algo de extrema importância que consta do livro II Reis. A Bíblia relata missão do rei Ezequias em abolir a adoração a deuses pagãos.

Os textos sagrados dizem: “Ele removeu os lugares altos, destruiu as pedras sagradas e cortou os pilares de Aserá”.



São altares intencionalmente destruídos e uma latrina de pedra instalada, para profanação total do local. Tudo nos versos bíblicos, datada do período do Primeiro Templo em Israel.

Lachish era uma grande cidade, a segunda mais importante depois de Jerusalém e os portões das cidades eram os locais onde os anciões, juízes, governadores, reis e funcionários se sentavam nos bancos encontrados na escavação.

Duas das peças possuem o selo lmkl hbrn (pertence ao rei de Hebrom) e a palavra lmkl está escrita em uma outra peça, junto com a figura de um escaravelho.

Os arqueólogos encontraram altares com quatro chifres cortados , lâmpadas e potes de cerâmica.

O portão de Lachish foi destruído por Senaqueribe em 701 a.C.



Nenhum comentário:

Postar um comentário